QUERO DOAR R$ 20,00

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

// // Leave a Comment

A Renda Inicial no Auxílio-Doença, um Exemplo Prático.

A renda inicial no Auxílio-doença, um exemplo prático.

Neste artigo o Portal do Conhecimento Previdenciário vai trazer um exemplo prático de como é feito o cálculo que determina o valor da renda mensal inicial para quem vai receber o benefício de auxílio-doença.

O auxílio-doença é um benefício pago aos segurados da Previdência Social, observadas as regras de carência e qualidade, que ficam incapacitados para exercerem suas atividades habituais.

Sempre que um segurado recorre ao auxílio-doença a primeira preocupação, depois de saber se seu pedido foi aprovado pelo INSS, é de quanto será sua renda mensal. A resposta para esta questão é a seguinte:

1 - quem recolhe contribuição previdenciária com base no salário-mínimo terá renda igual ao salário-mínimo, nesse caso não há cálculo.

2 - quem recolhe contribuição previdenciária, tanto empregado como quem contribui por conta própria, com valor maior que o mínimo tem a renda calculada da seguinte maneira:

a - O sistema verifica o total de contribuições realizadas pelo requerente, tendo a data de 07/1994 como marco inicial, e atualiza uma a uma. Após a atualização são separadas as contribuições de maior valor no limite de 80% do total de meses com contribuição, essas contribuições são somadas e dividas pelo total encontrado, resultando em uma média chamada, pelo INSS, de salário-de-benefício.

b - O sistema procura as 12 últimas contribuições, de qualquer valor, e faz a média dessas contribuições.

c - A renda mensal inicial será 91% do valor do salário-de-benefício, desde que esse valor seja igual ou menor que a média das 12 últimas contribuições, se for maior a renda mensal será fixada igual ao valor da média das 12 últimas contribuições.

Para melhor visualizar o cálculo acima vamos publicar abaixo uma simulação, clique na imagem para ampliar, feita no site da Previdência onde colocamos os seguintes dados: 

A renda inicial no Auxílio-doença, um exemplo prático.


a - o valor da contribuição atual do segurado é de R$ 2.000,00.

b - o valor do salário-de-benefício foi calculado em R$ 1.354,62.

c - a média das 12 últimas contribuições é igual a R$ 1.400,00.
d - a renda mensal inicial foi fixada em R$ 1.232,70 que equivale a 91% do salário-de-benefício, R$ 1.354,62, pois é menor que a média das 12 últimas contribuições, que neste exemplo foi de R$ 1.400,00.

Observação: Caso o benefício auxílio-doença seja transformado em aposentadoria por invalidez a renda inicial, desta, será igual ao valor calculado para o salário-de-benefício, neste exemplo R$ 1.354,62, devidamente atualizado pelo período que este ativo o auxílio-doença.

Caso tenha alguma dúvida faça sua pergunta que será respondida o mais breve possível.

Portal do Conhecimento Previdenciário. Pergunte sobre os benefícios do INSS

0 comentários:

Artigos em Destaque